Última hora

Última hora

Milhares de israelitas participam em manifestação contra o extremismo religioso

Em leitura:

Milhares de israelitas participam em manifestação contra o extremismo religioso

Tamanho do texto Aa Aa

A manifestação contra o integrismo religioso e a segregação imposta às mulheres juntou alguns milhares de israelitas em Beit Shemesh, a poucos quilómetros de Jerusalém. Esta foi a resposta da sociedade hebraica ao extremismo de alguns judeus ultraortodoxos.

“Nós estamos a lutar pela imagem do Estado de Israel. Não se trata apenas de Beit Shemesh e a segregação de género, trata-se de todos os elementos extremistas que estão por trás destas cabeças e que tentam impor-nos a sua visão do mundo” – afirmou Tzipi Livni, dirigente do maior partido da oposição, o Kadima. Na concentração esteve também representado o Likud, do primeiro-ministro Netanyahu, e o Partido Trabalhista.

Os manifestantes desistiram de se concentrar junto à escola que frequenta a menina de 8 anos que foi insultada pelos integristas. Os judeus ultra-ortodoxos prometeram reagir violentamente se a manifestação decorresse no local.