Última hora

Última hora

Síria: Observadores não viram nada "assustador" em Homs

Em leitura:

Síria: Observadores não viram nada "assustador" em Homs

Tamanho do texto Aa Aa

Os observadores da Liga Árabe não viram nada de “assustador” na cidade síria de Homs. Esta é a primeira conclusão da visita à localidade realizada ontem. Contudo os observadores constataram a presença de homens armados e afirmaram que será necessário um inquérito aprofundado.

O chefe da missão de observadores, o general sudanês Mustafa Dabi, disse ainda que deveria regressar a Homs esta quarta-feira e anunciou a chegada de mais 16 observadores para reforçar a equipa de cinquenta enviados da Liga Árabe.

Os observadores têm agendadas visitas às cidades de Idleb, Deraa e Hama. Nesta última localidade há notícia de confrontos entre a oposição e as forças leais ao regime.

O sangue não para de correr no país. O observatório sírio dos direitos humanos fala de 20 civis mortos na terça-feira e de quatro soldados abatidos por desertores.

Entretanto, o regime de Bashar al-Assad anunciou hoje a libertação de sete centenas de opositores. A libertação de prisioneiros é uma das condições do plano da Liga Árabe.