Última hora

Última hora

Síria: Medo afasta opositores dos enviados da Liga Árabe

Em leitura:

Síria: Medo afasta opositores dos enviados da Liga Árabe

Tamanho do texto Aa Aa

Os observadores da Liga Árabe estão a ser confrontados com o medo dos opositores ao regime sírio. Num dos bairros mais martirizados de Homs, os residentes fugiram dos enviados estrangeiros porque estes surgiram acompanhados de militares sírios. Ainda assim, de acordo com este vídeo colocado na internet por membros da oposição, os observadores foram confrontados com o cadáver de uma criança de 5 anos. Uma resposta às declarações do chefe da delegação da Liga Árabe que ontem afirmou não ter visto “nada de assustador” em Homs.

Soazig Dollet, da organização Repórteres Sem Fronteiras, comenta esta visita: “Temos assistido a uma mascarada organizada pelo regime sírio que tem como objetivo mostrar que respeita o acordo com a Liga Árabe. O relatório da Human Rights Watch é bastante claro. Várias prisões de Homs fora esvaziadas e os detidos transferidos para outros sítios.”

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos do Homem, as forças de segurança mataram hoje três civis e feriram mais de vinte em Douma, perto de Damasco. A organização dá ainda conta de mais sete mortos no resto do país.