Última hora

Última hora

Ancara admite erro na morte de vários civis curdos

Em leitura:

Ancara admite erro na morte de vários civis curdos

Tamanho do texto Aa Aa

O governo turco já admitiu o erro. Pelo menos 35 curdos foram mortos por engano num bombardeamento no sudeste do país, perto da fronteira com o Iraque. O ataque visava guerrilheiros do PKK mas, afinal, atingou vários jovens que faziam contrabando de mercadorias, provavelmente de cigarros.

A população curda mostra-se indignada. Os turcos dizem lamentar o acidente.

“Bem as pessoas também não estavam propriamente a fazer um piquenique eram contrabandistas” diz este homem.

“O que se passou é muito triste do ponto de vista humano, mas eles estavam a praticar um ato ilegal, o que se passou foi um acidente triste”.

Segundo as autoridades locais, pró-curdas, que divulgaram imagens dos corpos a maior parte das vítimas eram jovens, alguns até com 17 anos.

O Partido da Paz e Democracia (BDP, pró-curdo), organizou manifestações de protesto.