Última hora

Última hora

Bósnia-Herzegoniva: Poluição de dióxido de enxofre afeta Zenica

Em leitura:

Bósnia-Herzegoniva: Poluição de dióxido de enxofre afeta Zenica

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade bósnia de Zenica enfrenta um grave problema de poluição. Os níveis de dióxido de enxofre estão demasiado elevados. Os registos indicam números três vezes superiores aos máximos autorizados na União Europeia, por exemplo. As autoridades aconselharam os habitantes da cidade a manterem-se fechados em casa.

“Nos últimos três dias, as leituras da qualidade do ar em Zenica indicam que a concentração de dióxido de enxofre na atmosfera é de 400 microgramas por metro cúbico” – explica Muhamed Pasic, da câmara municipal de Zenica.

As condições atmosféricas agravaram uma situação provocada pela indústria metalúrgica, acusa uma associação ecologista.

“A ArcelorMittal é o maior poluidor de Zenica. Até 2010 deveriam ter investido 100 milhões de dólares na proteção do ambiente mas só investiram 22 milhões” – afirma Samir Lemes, do Eco Forum de Zenica.

Todos os industriais da região receberam instruções para reduzir as emissões de dióxido de enxofre. Este tipo de poluição potencia os problemas respiratórios.