Última hora

Última hora

Síria: observadores dizem que acordo de paz não está a ser cumprido

Em leitura:

Síria: observadores dizem que acordo de paz não está a ser cumprido

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição síria considera que a missão dos observadores da Liga Árabe está condenada ao fracasso.

A repressão do regime de Bashar Al-Assad sobre os manifestantes não dá sinais de abrandar. Este sábado, pelo menos 12 pessoas foram mortas pelas forças leais ao presidente e dezenas ficaram feridas.

Os observadores reconheceram, entretanto, que há sangue a ser derramado e admitiram que a primeira fase do chamado plano de paz não está ser cumprida:

“Vimos um atirador furtivo com os nossos próprios olhos. Pedimos às autoridades sírias para que o retirassem imediatamente e contactamos a Liga Árabe. Se não tivermos uma resposta nas próximas 24 horas temos de tomar outro tipo de medidas.”

Por onde passam, os observadores árabes são seguidos por uma multidão. Manifestantes que relatam as atrocidades cometidas pelo regime sírio ao longo dos últimos 10 meses.

As Nações Unidas estimam que desde o início da revolta popular tenham sido mortas mais de 5 mil pessoas.