Última hora

Última hora

Hungria: Mais protestos contra a nova Constituição

Em leitura:

Hungria: Mais protestos contra a nova Constituição

Tamanho do texto Aa Aa

Na capital húngara está prevista para esta tarde em frente do Parlamento uma manifestação de desagrado contra a nova constituição que entrou em vigor no dia 1 de janeiro.

Na semana passada, manifestantes protestaram no mesmo local contra a nova carta constitucional. Nessa altura, o líder e alguns deputados da oposição foram detidos e posteriormente libertados.

A nova Constituição foi esboçada pelo atual primeiro-ministro Viktor Orban e tem um cariz muito nacionalista, que restringe algumas da liberdades fundamentais dos cidadãos.

Entre os aspetos mais criticados está a restrição da separação de poderes, alegadamente a politização da magistratura que vai limitar a independência e a competência do Tribunal Constitucional e de outras instituições do Estado, como por exemplo o Banco Central.

A Hungria está a tentar assegurar um acordo com o FMI e a União Europeia, mas as negociações informais que decorriam foram suspensas.