Última hora

Última hora

Seita islâmica ameaça poder na Nigéria

Em leitura:

Seita islâmica ameaça poder na Nigéria

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a tensão na Nigéria. A seita islâmica Boko Haram fez novas ameaças depois do presidente cristão Goodluck Jonathan ter decretado o estado de emergência nas regiões que foram palco de confrontos, recentemente.

Um porta-voz da Boko Haram diz que o estado de emergência só serve para o exército nigeriano matar muçulmanos.

No sábado, Goodluck Jonathan prometeu vingança contra os terroristas, depois de visitar a igreja próxima da capital, Abuja, alvo de um ataque que matou 37 pessoas.

Mais de 500 pessoas morreram já em confrontos entre cristãos e muçulmanos desde a vitória de Jonathan nas eleições presidenciais de abril.

Uma grande parte do norte da Nigéria continua ocupada pelos muçulmanos, que aplicam a Lei Islâmica à margem do Estado.