Última hora

Em leitura:

Irão reage às sanções dos Estados Unidos


Irão

Irão reage às sanções dos Estados Unidos

Teerão testou três mísseis durante um exercício naval no estreito de Ormuz.

Uma demonstração de força, depois de Washington ter reforçado as sanções contra o setor financeiro iraniano.

Os Estados Unidos e vários países do Ocidente têm aumentado a pressão sobre Teerão por causa do programa nuclear.

O vice-presidente iraniano já ameaçou cortar o abastecimento de petróleo a partir do estreito de Ormuz, na entrada do Golfo Pérsico.

As novas sanções anunciadas pelos Estados Unidos contra particulares e instituições financeiras que trabalham com o banco central, provocou uma queda histórica na moeda iraniana. Esta segunda-feira, o rial desvalorizou cerca de 12 por cento em relação ao dólar.

A crescente tensão entre Washington e Teerão promete dificultar a já delicada situação de Amir Mirzaei Hekmati.

O norte-americano de origem iraniana foi detido em dezembro no Irão e arrisca-se a ser condenado à pena de morte.

O regime iraniano diz tratar-se de um espião ao serviço da CIA, crime terá confessado durante o julgamento.

Os Estados Unidos pedem a libertação imediata do jovem.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Preço dos combustíveis bate recordes em Itália