Última hora

Última hora

Legislativas egípcias vão à terceira ronda

Em leitura:

Legislativas egípcias vão à terceira ronda

Tamanho do texto Aa Aa

Os egípcios voltam às urnas para a terceira ronda das eleições legislativas, que deram nas anteriores votações uma vantagem significativa às formações islâmicas: a Irmandade Muçulmana e os fundamentalistas salafistas, que recolheram, juntos, 65% dos votos nas duas primeiras fases.
 
Estas eleições decorrem por zonas eleitorais. Falta votar cerca de um terço do país, as duas maiores cidades, Cairo e Alexandria, votaram nas outras duas rondas.
 
São as primeiras eleições livres em várias décadas e as primeiras desde a queda do regime de Hosni Mubarak há cerca de um ano.
 
Nesta terceira ronda, vota a região do Sinai, uma zona sensível, na fronteira com Israel e com a Faixa de Gaza. Votam igualmente zonas rurais nas margens e no delta do Nilo, bastiões de políticos próximos de Mubarak.
 
Falta ainda votar numa segunda volta, destinada a eleger os deputados nos círculos uninominais, que representam um terço da Assembleia.
 
O descontentamento com a junta militar que assegura a transição tem levado, nas últimas semanas, muita gente à praça Tahrir, no Cairo, símbolo do movimento popular que ditou a queda do antigo regime.