Última hora

Última hora

O Champanhe resiste à crise

Em leitura:

O Champanhe resiste à crise

Tamanho do texto Aa Aa

O ano de 2011 foi de excelência para o Champanhe, pelo menos em termos de vendas.

A associação que representa o setor francês, a Comissão Interprofissional dos Vinhos de Champanhe, estima ter vendido 330 milhões de garrafas, apesar da subida dos preços de 3 a 5% em ano de crise económica.

Os números apontam para um aumento das vendas de 3,5 por cento, graças às exportações para os Estados Unidos e países emergentes. Aproximam-se dos valores recordes de 2007, quando se venderam 339 milhões de garrafas e as receitas atingiram 4,5 mil milhões de euros.