Última hora

Última hora

Chevron condenada a pagar indemnização milionária no Equador

Em leitura:

Chevron condenada a pagar indemnização milionária no Equador

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça equatoriana confirmou em segunda instância a sentença contra a petrolífera norte-americana Chevron, por danos ambientais entre os anos 60 e 90.

O veredito implica o pagamento de indemnizações até 18 mil milhões de dólares caso a companhia não apresente desculpas pelos danos causados à floresta amazónica.

Em Fevereiro a petrolífera tinha sido já condenada ao pagamento de oito mil milhões de dólares.

A confirmação da primeira sentença, ao final de um processo judicial de 17 anos, foi saudada pelo presidente equatoriano, Rafael Correa.

A Chevron considera a decisão ilegítima e baseada em documentos falsos e poderá apresentar um último recurso junto do Supremo Tribunal Equatoriano.

A companhia que adquiriu a petrolífera Texaco, diretamente visada pelas acusações, afirma ter firmado um acordo com o governo que a exonerava de todas as responsabilidades em matéria de danos ao meio-ambiente.