Última hora

Última hora

Rússia: Udaltsov foi libertado e promete mais protestos contra Putin

Em leitura:

Rússia: Udaltsov foi libertado e promete mais protestos contra Putin

Tamanho do texto Aa Aa

Sergei Udaltsov foi libertado. O ativista de esquerda que se opõe ao primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, tinha sido detido no dia 4 de dezembro durante uma manifestação não autorizada contra as eleições legislativas desse dia.

“Eu percebo, e todos nós devemos perceber, que a minha libertação é uma consequência da grande pressão social e não devemos excluir a possibilidade do poder nos provocar novamente. Apelo a todos para que não se instalem no conforto. Nós vamos preparar novas ações de protesto. Sem dúvida que vamos sair à rua no dia 4 de fevereiro, mas vai haver mais ações” – afirmou à saída da prisão.

Durante o período em que esteve detido Udaltsov encetou várias greves de fome que o conduziram ao hospital. O mês de dezembro foi atribulado com o ativista a ser libertado, detido e novamente condenado. No ano passado Udaltsov foi condenado a oito penas de prisão.