Última hora

Última hora

Equador: Petrolífera americana condenada a indemnizar populações indígenas da Amazónia

Em leitura:

Equador: Petrolífera americana condenada a indemnizar populações indígenas da Amazónia

Tamanho do texto Aa Aa

As populações indígenas e as autoridades do Equador congratulam-se com a decisão do tribunal da província de Sucumbia de condenar o grupo petrolífero norte-americano Chevron a uma forte indemnização, pela poluição causada na Amazónia.
 
O tribunal decidiu, em segunda instância, que o Chevron deverá pagar 9,5 mil milhões de dólares – 7,3 mil milhões de euros à associação das 30 mil vítimas da exploração petrolífera da Texaco Petroleum durante quase três décadas.
 
O advogado das vítimas garante que o processo não fica só pelo Equador:
“Há elementos jurídicos, convenções internacionais, há normas que permitem exigir julgamentos em outros países, por isso não é nada estranho este procedimento. Vamos fazê-lo, não perdoaremos um centavo à Chevron”, disse.
 
A sentença obriga igualmente a Chevron a apresentar desculpas públicas às populações afetadas, sob pena de ver duplicado o valor da indemnização.
 
Em comunicado, o grupo americano considerou a decisão “fraudulenta”, mas ainda não indicou se vai apresentar recurso.