Última hora

Última hora

Governo espanhol quer reduzir função pública

Em leitura:

Governo espanhol quer reduzir função pública

Tamanho do texto Aa Aa

As empresas e organismos públicos estão na linha de mira do governo espanhol. Para reduzir a dívida do país, o executivo de Mariano Rajoy começou a estudar como suprimir ou fusionar quase 500 entidades públicas, de um total de mais de quatro mil.

Madrid quer apertar ainda mais o cinto, depois de, na semana passada, ter anunciado aumentos dos impostos e cortes nas despesas que rondam os 15 mil milhões de euros. Mas não chega.

Espanha terminou 2011 com um défice público de 8% do PIB, ou seja, mais 2% do que o previsto, e para este ano fixou o objetivo de 4,4 por cento.

Na mesa está agora a possibilidade de efetuar uma série de despedimentos na função pública, integrada na reforma administrativa anunciada por Rajoy no discurso de investidura.

Na mesa do Conselho de Ministros, desta quinta-feira, esteve também à luta à fraude fiscal. O governo espera recuperar assim 8,2 mil milhões de euros só em 2012.