Última hora

Última hora

Crise do Euro: Sarkozy e Merkel vão a Roma a 20 de Janeiro

Em leitura:

Crise do Euro: Sarkozy e Merkel vão a Roma a 20 de Janeiro

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano foi recebido esta sexta-feira no Palácio do Eliseu pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Mario Monti pretende convencer os parceiros europeus de que o governo tecnocrata de Roma é capaz de recuperar a economia do país e defendeu, em Paris, que as decisões sobre o euro devem ser implementadas de forma rápida e coletiva.

Sarkozy sublinhou que “a Itália e a França partilham uma visão idêntica sobre o futuro da Europa e sobre a forma de resolver a crise de confiança que afeta a Zona Euro”.

Monti frisou, por seu lado, que “numa fase tão sensível para a vida da União Europeia e, em particular, da Zona Euro, é essencial que cada Estado-membro faça tudo o que é necessário ao nível das políticas de consolidação orçamental e das reformas em cada país”.

Sarkozy anunciou que, a convite de Monti, se deslocará a Roma no próximo dia 20 acompanhado pela chanceler alemã, Angela Merkel, para preparar a cimeira do fim do mês, centrada na crise da dívida soberana que afeta a Zona Euro.