Última hora

Última hora

Obama promete emagrecer militares

Em leitura:

Obama promete emagrecer militares

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente norte-americano prometeu manter os EUA como a potência militar dominante no mundo e apresentou uma nova estratégia para reduzir o tamanho das Forças Armadas.

Numa conferência no Pentagono, Barack Obama sublinhou que o orçamento da Defesa teve um crescimento “extraordinário” após os ataques do 11 de setembro de 2001 mas defendeu que o ritmo de gastos continuará a crescer, porém num ritmo mais lento do que na era Bush.

O presidente norte-americano prometeu cortes no orçamento da Defesa de 489 mil milhões de dólares em 10 anos. A proposta do orçamento para 2013 será publicada no início de fevereiro.

As forças americanas estão agora a concentrarem-se na região da Ásia e do Pacífico e a reforçar sua parceria com a NATO. Com o dossiê iraniano a pertubar a comunidade internacional, a mensagem vinda do pentagono para o Irão, não podia ser mais clara. “Estamos determinados a não deixar que possuam armas nucleares”.

Na luta pela sua reeleição, Obama, pretende sobretudo recuperar o poder económico dos Estados Unidos.