Última hora

Última hora

Carla Bruni rejeita acusações de fraude contra fundação

Em leitura:

Carla Bruni rejeita acusações de fraude contra fundação

Tamanho do texto Aa Aa

Carla Bruni rejeita as acusações de fraude contra a fundação que dirige, dedicada à luta contra o analfabetismo.

A esposa do presidente francês afirma que o organismo “nunca recebeu fundos públicos”.

A revista semanal Marianne afirma que a fundação Carla Bruni-Sarkozy recebeu de forma irregular três milhões e meio de euros do Fundo Mundial de Luta contra a Sida, a Tuberculose e o Paludismo, do qual a esposa do presidente é embaixadora.

Segundo a revista francesa, Bruni terá usado da influência para transferir fundos “à margem da legalidade” a várias empresas de um amigo, o músico e empresário Julien Civange, testemunha do casamento do casal presidencial.

O Fundo Mundial de Luta conta a Sida classificou o artigo da revista Marianne como “inexato e enganoso” e o Palácio do Eliseu recusou comentar o assunto.

A rádio France Info salientou que “desde que o caso veio a público no fim de 2011, a presidência francesa cortou os vínculos financeiros entre a fundação da primeira-dama e o fundo”.