Última hora

Última hora

O fracasso da missão de observadores na Síria

Em leitura:

O fracasso da missão de observadores na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição Siria pede à Liga Árabe a retirada da missão de observação do país face ao fracasso para por fim a dez meses de derramamento de sangue.

Os observadores estão na Síria desde o dia 26 de dezembro para avaliar a possibilidade de convencer o regime de Bashar al-Assad, a por fim à repressão dos protestos pro democracia.

A violência no país agrava-se. Ontem milhares de pessoas participaram nos funerais das 26 vítimas do atentado suicida de sexta-feira em Damasco.

Um ataque “terrorista”, segundo o regime de Bashar al Assad, que promete responder com “mão de ferro”.

Os funerais, transmitidos pela televisão estatal, começaram após as orações do meio-dia na mesquita Hasan, no bairro histórico de Midan.

A repressão militar continua também a fazer vítimas. Pelo menos 21 civis foram ontem abatidos pelas forças de segurança. A comunidade internacional mostra-se impotente face.Mais de cinco mil pessoas foram já mortas desde março.