Última hora

Última hora

Presidente do BNS demite-se devido ao escândalo

Em leitura:

Presidente do BNS demite-se devido ao escândalo

Tamanho do texto Aa Aa

Após semanas de polémica, o presidente do Banco Nacional da Suíça (BNS), demite-se. Philipp Hildebrand anunciou a saída esta segunda-feira, após a audiência na comissão parlamentar de Economia. Um volte-face, três dias depois ter dito o contrário.

Em causa, o escândalo da compra de milhares de dólares pela mulher semanas antes da fixação do limite cambial do franco suíço. Garantindo que o seu objetivo é preservar a credibilidade do Banco Nacional Suíço, Hildebrand justificou: “Face ao crescente e intenso debate público

em torno da transação financeira e tendo em mente a situação, cheguei à conclusão de que não é possível apresentar provas conclusivas de que a minha mulher realizou a transação cambial a 15 de agosto sem o meu conhecimento”.

Hildebrand foi substituído, provisoriamente, na liderança do BNS pelo vice-presidente Thomas Jordan, enquanto os deputados helvéticos exigem um reforço do regulamento interno.