Última hora

Última hora

Todos contra Romney nas primárias do New Hampshire

Em leitura:

Todos contra Romney nas primárias do New Hampshire

Tamanho do texto Aa Aa

“Gosto de ter a capacidade de despedir pessoas que trabalham para mim”, a frase infeliz de Mitt Romney tornou-se no principal alvo dos rivais na campanha à investidura republicana às presidenciais norte-americanas.

Depois de ter vencido com uma frágil maioria o “caucus” do Iowa, Romney testa de novo a sua popularidade nas sondagens e a resistência às críticas, nas urnas do New Hampshire.

Duzentos e cinquenta mil eleitores vão exprimir as suas preferências entre os seis candidatos à corrida presidencial. Os resultados deverão ser conhecidos por volta da meia-noite, mas as sondagens continuam a apontar Romney como o favorito com 33% das intenções de voto.

O enviado especial da Euronews às primárias do New Hampshire, Stefan Grobe, sublinha que:

“Há sinais de que muitos dos eleitores independentes podem decidir apoiar Mitt Romney, que joga quase em casa. Apesar de liderar as sondagens, a vantagem tem vindo a diminuir nos últimos dias, devido em parte à vaga de ataques dos seus rivais conservadores, de Newt Gingrich a Rick Santorum e Jon Huntsman. Algo que não deverá custar-lhe a vitória esta noite no New Hampshire mas que poderá aumentar as dúvidas sobre se Romney é a escolha incontornável para os republicanos”.