Última hora

Última hora

BCE mantém taxa diretora em 1%

Em leitura:

BCE mantém taxa diretora em 1%

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de dois meses a reduzir a taxa diretora, o Banco Central Europeu decidiu manter inalterado o preço do dinheiro, esta quinta-feira.

Uma medida que é vista pelos analistas como uma maneira de a instituição sediada em Frankfurt dar tempo ao tempo para poder avaliar a eficácia das últimas reduções efetuadas.

Na conferência de imprensa que se seguiu à reunião de governadores do Banco Central Europeu, o presidente da instituição, o italiano Mario Draghi, referiu que “as existentes tensões nos mercados

continuam a diminuir a atividade económica na zona euro, enquanto, de acordo com alguns indicadores recentes, há sinais de estabilização da atividade a níveis baixos. As perspetivas económicas continuam sujeitas a uma elevada incerteza e substanciais riscos de queda.”

Em 2009, a taxa diretora do Banco Central Europeu encontrava-se no mínimo histórico de 1%, percentagem que se manteve durante todo o ano de 2010. Em abril de 2011, o BCE aumentou a taxa para 1,25% e em julho do mesmo ano para 1,5%.

Seis meses depois o preço do dinheiro volta ao mínimo histórico de um por cento.

Draghi afirmou que o conselho de governadores espera que apesar das incertezas a “atividade económica na zona euro comece a recuperar”, embora “de forma muito gradual”.

Quanto à taxa de inflação, o presidente do BCE confirmou que “a inflação deve continuar acima dos 2% durante vários meses”, antes de começar a baixar.