Última hora

Última hora

Diplomacia americana e iraniana em grande atividade

Em leitura:

Diplomacia americana e iraniana em grande atividade

Tamanho do texto Aa Aa

A comunidade internacional caminha para uma resposta concertada contra a firmeza iraniana em prosseguir com o seu programa nuclear.

Ao mesmo tempo que os Estados da União Europeia trabalham para estabelecer um plano faseado de embargo ao petróleo persa, o Japão prometeu o mesmo ao secretário do Tesouro norte-americano. “O desenvolvimento nuclear é algo a que o mundo não pode fechar o olhos, por isso entendemos a posição dos Estados Unidos. Pensamos em reduzir de forma concreta a quota de 10 % que ainda nos resta”, referiu Jun Azumi, ministro das Finanças japonês.

De visita à terceira maior economia do mundo, Timothy Geithner, fez o ponto da situação.

“Estamos na fase inicial, a fase inicial de consultar os nossos aliados, na Europa, no Japão e no mundo inteiro sobre a melhor forma de cumprirmos os nossos objetivos”, disse.

Mas enquanto os Estados Unidos avançam com uma ação concertada com os seus aliados, Teerão tenta fazer o mesmo. O antigo negociador iraniano para a questão nuclear, Ali Larijani, encontrou-se com o chefe da diplomacia turca para debater as consequências do programa nuclear.

O mesmo faz o presidente Mahmoud Ahmadinejad com uma digressão na América do Sul, as traseiras dos grandes rivais, Estados Unidos.