Última hora

Última hora

Negociações entre Atenas e setor privado suspensas

Em leitura:

Negociações entre Atenas e setor privado suspensas

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia volta a estar à beira de uma bancarrota que poderá ter consequências catastróficas, num momento em que as negociações para reduzir a dívida pública de 100 mil milhões de euros estão num impasse.

Os credores privados anunciaram a suspensão das negociações com o governo helénico. O primeiro-ministro Lucas Papademos, e o ministro das Finanças, Evangelos Venizelos, estiveram reunidos na residência oficial do chefe de governo com Charles Dallara, diretor geral do Instituto da Finança Internacional, lóbi bancário encarregado de representar os credores privados de Atenas nas negociações.

A dívida grega está estimada em 340 mil milhões de euros. Em maio de 2010, Atenas começou a receber um plano de resgate de 110 mil milhões.

Para março de 2012 está previsto mais um plano de resgate desta vez de 130 mil milhões de euros, mas para tal o executivo terá que chegar a acordo com o setor privado para o perdão de cerca de 100 mil milhões de euros da dívida pública.

Um alto responsável do Ministério das Finanças grego tinha-se mostrado otimista na quinta-feira ao afirmar que o acordo com o setor privado poderia ficar definido “no final da próxima semana”.

Os mercados ainda não reagiram às últimas notícias vindas da Grécia.