Última hora

Última hora

Sírios saem à rua em apoio dos militares dissidentes

Em leitura:

Sírios saem à rua em apoio dos militares dissidentes

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de sírios manifestaram-se esta sexta-feira através do país para apoiar os militares dissidentes e contestar novamente o regime de Bashar al-Assad.

Durante os protestos assistiu-se também a homenagens ao jornalista francês Gilles Jacquier, morto na cidade de Homs na quarta-feira quando cobria a repressão promovida por Damasco.

Washington exprimia entretanto inquietude face à notícia de que um navio russo transportaria armas para a Síria.

Numa deslocação à Arábia Saudita, o primeiro-ministro britânico mostrou-se disposto a submeter ao Conselho de Segurança da ONU uma nova resolução a condenar a repressão síria.

David Cameron disse que “a visão do Reino Unido é de que al-Assad perdeu a aprovação do povo sírio. Isso não é surpreendente, quando vemos a brutalidade assustadora promovida pelas forças armadas sírias contra civis e manifestantes. É terrível o que está a acontecer”.

Os observadores da Liga Árabe continuavam ontem a contestada missão em Damasco, enquanto numa mesquita da capital era organizada uma manifestação de apoio ao presidente sírio.