Última hora

Última hora

Alain Jupé foi apoiar as reformas na Birmânia

Em leitura:

Alain Jupé foi apoiar as reformas na Birmânia

Tamanho do texto Aa Aa

Com a abertura do regime de Myanmar, a antiga Birmânia, sucedem-se as visitas diplomáticas a Rangun.

Desta vez, foi o chefe da diplomacia francesa que foi manifestar o apoio às reformas que o governo está a efetuar.

Alain Jupé encontrou-se com a lider histórica da oposição, Aung Sang Suu Kyi,a quem entregará este domingo, a medalha francesa da Legião de Honra.

“Hoje a França quer apoiar os movimentos de reforma e abertura na Birmânia, triplicando a ajuda bilateral a este país”, anunciou.

Jupé garantiu ainda que toda a União Europeia vai responder concretamente às medidas do governo birmanês.

A junta militar, que dominou o país durante meio século, autodissolveu-se em março do ano passado e transferiu o poder a um governo civil. Desde aí as reformas têm-se multiplicado.

O regresso à cena política de Aung Sang Suu Kyi e a libertação de 300 prisioneiros políticos foram os gestos mais significativos.