Última hora

Última hora

Peterhansel e Despres num filme já visto

Em leitura:

Peterhansel e Despres num filme já visto

Tamanho do texto Aa Aa

No Dakar a história repete-se. Tal como aconteceu nas edições de 2005 e 2007, em 2012 a prova foi ganha por dois pilotos franceses, Stéphane Peterhansel nos automóveis e Cyril Despres nas motos.

O veterano da Mini garantiu o seu décimo triunfo na mítica prova de rali raid, o quarto desde que trocou as duas rodas pelas quatro.

O melhor português foi Carlos Sousa, que terminou na sétima posição, imediatamente seguido por Ricardo Leal dos Santos.

A chegada a Lima, no Peru, serviu também para a consagração de Despres, que venceu o seu quarto Dakar para desilusão de Marc Coma, incapaz de repetir a vitória do ano passado.

Um problema que não se colocou a Hélder Rodrigues, que tal como em 2011 concluiu a prova no lugar mais baixo do pódio. Rúben Faria foi 12º, depois de passar uma grande parte da prova entre os lugares da frente Paulo Gonçalves teve de contentar-se com a 26ª posição, enquanto Pedro Bianchi Prata terminou no 42º posto.