Última hora

Última hora

Roménia: Manifestantes exigem demissão do governo

Em leitura:

Roménia: Manifestantes exigem demissão do governo

Tamanho do texto Aa Aa

O executivo romeno foi forçado a convocar uma reunião de emergência, esta noite, ao quarto dia consecutivo de protestos contra as medidas de austeridade.

Uma nova manifestação em Bucareste, no domingo, voltou a degenerar em violência com a polícia, provocando pelo menos trinta feridos.

As autoridades acusam grupos de “hooligans” de estarem por detrás dos ataques contra as forças da ordem.

Os protestos aumentam de tom desde a demissão do vice-ministro da saúde, Raed Arafat, na quinta-feira, em protesto contra um projeto de privatização do sistema de saúde.

O presidente Traian Basescu cancelara a reforma, um dia depois, mas o gesto não evitou que as manifestações prosseguissem durante o fim de semana.

Os manifestantes exigem agora a demissão do executivo e do presidente face às medidas de austeridade implementadas nos últimos dois anos em troca de um plano de resgate do FMI.

A subida do IVA e a redução dos salários na função pública são algumas das medidas contestadas nas ruas.