Última hora

Última hora

Cinco dias de protestos na Roménia

Em leitura:

Cinco dias de protestos na Roménia

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de romenos protestaram pelo quinto dia consecutivo contra as medidas de austeridade do governo, nas ruas de Bucareste e de várias cidades do país.

A manifestação desta segunda-feira decorreu de forma pacífica, mas durante o fim-de-semana os protestos degenerarm em confrontos com as forças da ordem.

O ministro do Interior, Trian Igas, já avisou que não vai tolerar mais violência:

“Peço firmemente aos oficiais, sub-oficiais e agentes da polícia para respeitarem a lei e peço o mesmo a toda a gente que participa nestes acontecimentos. Não podemos permitir que um pequeno número de pessoas ponha o país de pernas par o ar”, afirmou.

As concentrações começaram inicialmente em apoio ao popular ministro da Saúde, que se demitiu em protesto contra a reforma do sistema de saúde, mas rapidamente se transformaram na expressão do descontentamento geral com a política de austeridade do governo.

Durante o fim de semana, cerca de 60 pessoas ficaram feridas nos confrontos com a polícia, várias dezenas foram detidas.