Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

|

O grupo de ativistas ucranianas Femen protesta na embaixada da Índia, em Kiev e os seus quatro elementos acabaram por ser detidos.

A manifestação surge depois do governo indiano ter indicado que vai proibir a entrada no país de mulheres ucranianas com idades entre os 15 e os 40 anos para prevenir o aumento da prostituição no país.

“As mulheres ucranianas não são prostitutas, e temos sempre dito isso e combatido essa imagem. É uma vergonha a Índia tratar as mulheres ucranianas dessa maneira e uma vergonha que o nosso presidente não reagiu ao insulto”.

As activistas que se envolvem frequentemente em protestos deste género, ocuparam o centro cultural da Índia em Kiev, nas instalações da embaixada na Ucrânia, para reagirem a declarações do ministro indiano dos Negócios Estrangeiros que quer cortar os vistos a jovens mulheres da Europa de Leste.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|