Última hora

Última hora

Dois milhões de assinaturas para defrontar Putin

Em leitura:

Dois milhões de assinaturas para defrontar Putin

Tamanho do texto Aa Aa

O multimilionário russo, Mikhail Prokhorov, reuniu dois milhões de assinaturas necessárias para se apresentar na corrida às presidenciais de março.

Os documentos foram entregues, esta quarta-feira, na Comissão Eleitoral que tem, agora, verificar a autenticidade das assinaturas.

O magnata de 46 anos mostra-se tranquilo:

“Estou, absolutamente, confiante no trabalho que fizemos e creio que facilitámos a tarefa da Comissão Eleitoral” afirma Prokhorov.

O procedimento é obrigatório para os candidatos que não tenham sido nomeados por um partido representado na Duma como é, também, o caso de Grigory Iavlinski.

O fundador da formação democrata Iabloko defende, no entanto, que a recolha das assinaturas mais não é que uma estratégia para limitar a participação nas eleições presidenciais russas.

Críticas à parte, as últimas sondagens deixam antever uma vitória esmagadora para Valdimir Putin que acusa a oposição de fechar a porta ao diálogo:

“Dizem querer discutir e que o partido no poder não os ouve, mas nós convidámos a oposição e ninguém apareceu. Por isso, pergunto: o que querem afinal? Dizer que não houve diálogo ou que não querem dialogar?” pergunta.

Putin também é, acusado, de não dialogar, mas pelos manifestantes que desde dezembro contestam, nas ruas, os resultados das eleições legislativas.