Última hora

Última hora

Japão ameaçado por penúria de energia

Em leitura:

Japão ameaçado por penúria de energia

Tamanho do texto Aa Aa

O governo japonês enfrenta uma chuva de críticas depois de anunciar a intenção de reabrir algumas das centrais nucleares e de prolongar a vida destas estruturas por mais 40 ou 60 anos.

Dos 54 reactores do país, apenas cinco estão em actividade e segundo os peritos os testes de resistência efectuados permitem prolongar-lhes a vida mas a confiaça dos japonês está em baixa.

“ O secretismo de reunioes à porta fechada é mau” comenta um perito.

O governador da província de Fukui, onde está instalada a central nuclear Oi, disse os testes de resistência não são suficientes enquanto critério para determinar se os reactores poderão ser reactivados.

O executivo nipónico encontra-se nesta altura na dificil situação de gerir a desconfiança e o descontentamento da população ao mesmo tempo que tem de fazer face à ameaça de penúria de energia para os próximos meses.

Antes de Fukushima, a energia nuclear gerava 30% de toda a electricidade consumida no Japão.