Última hora

Última hora

Jogo de espiões entre russos e britânicos

Em leitura:

Jogo de espiões entre russos e britânicos

Tamanho do texto Aa Aa

Uma pedra falsa que escondia um aparelho de escuta, colocada por agentes secretos britânicos numa rua de Moscovo é o centro da polémica.
 
A história foi negada pelo governo britâncio quando foi denunciada há mais de cinco anos, mas agora o antigo chefe de gabinete do então primeiro-ministro Tony Blair veio admitir que era verdade.
 
 
O relacionamento, tradicionalmente difícil entre Moscovo e Londres, estava ainda mais tenso na altura em que o caso foi tornado público, em 2006.
 
O porta-voz dos serviços russos diz que a “pedra pode ser lançada do nono andar, ser posta debaixo de água por longos períodos de tempo”
 
O escândalo diplomático explodiu quando a televisão russa exibiu provas da existência da pedra e do seu uso.
 
O Kremlin acusou quatro britânicos e um russo de usarem o engenho para captar informação secreta e do então Presidente, Vladimir Putin.