Última hora

Última hora

Etiópia ameaça com medidas contra Eritreia depois de ataque contra europeus

Em leitura:

Etiópia ameaça com medidas contra Eritreia depois de ataque contra europeus

Tamanho do texto Aa Aa

A Etiópia disse que vai tomar as medidas necessárias contra a vizinha Eritreia, que acusa de estar por trás do ataque que resultou na morte de cinco turistas europeus, na noite de segunda para terça-feira.

Muitos dos turistas que integravam o grupo já foram repatriados, incluíndo os três feridos, um britânico, um belga e um húngaro.

A Eritreia rejeitou qualquer responsabilidade na ação do grupo armado, que matou dois alemães, dois húngaros e um austríaco que visitavam o vulcão Erta-Ale, junto à sua fronteira. Outros dois cidadãos germânicos foram raptados, juntamente com dois etíopes. As autoridades da região de Afar, no norte da Etiópia, encarregaram um grupo de “anciãos” de tentar mediar a libertação.

Um responsável governamental disse que o ataque foi perpetrado por um grupo de 30 ou 40 homens armados.