Última hora

Última hora

Mais de cem mortos na Nigéria

Em leitura:

Mais de cem mortos na Nigéria

Tamanho do texto Aa Aa

Os atentados desta sexta-feira, na Nigéria, terão feito, pelo menos, 162 mortos – números revelados por fontes hospitalares.
 
As cidades mais atingidas foram as de Yenagoa e de Kano.
 
Isto, para além da destruição de infraestruras, como pontes, na cidade de Yenagoa.
 
Os números oficiais, no entanto, falam de apenas 28 vítimas mortais.
 
O mais importante jornal do norte do país, o “Daily Trust” diz, na sua edição deste sábado, que o grupo islamista, Boko Haram, já reivindicou estas ações de violência, a exemplo do que aconteceu, no dia de Natal.
 
A série de ataques coordenados teve piores consequências na cidade de Kano. Há registo também de duas explosões, na cidade de Yenagoa, no sul do país, a região de onde é natural o presidente Goodluck Jonathan.
 
As autoridades dizem que estas explosões não fizeram vítimas.
 
O repórter da agência France Press diz que no hospital de Kano havia, pelo menos, 80 cadáveres, enquanto no exterior centenas de pessoas esperavam por notícias de familiares.
 
Um habitante de Kano afirmou que, só na sua rua, perto do Quartel-General da Polícia, contou 16 mortos.