Última hora

Última hora

Mein Kampf publicado em "fascículos" na Alemanha

Em leitura:

Mein Kampf publicado em "fascículos" na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

O livro de Adolf Hitler, Mein Kampf, não tem licença de publicação na Alemanha, mas um editor britânico decidiu publicar em três obras separadas, os capítulos autobiografia, propaganda e ideologia.

O estado da Baviera que detém os direitos, já prometeu processar o editor, que se defende:

“A perspetiva alemã e a britânica não têm que ser a mesma. Se não gostamos de algo não temos que o esconder e esperar que não se veja, pode-se confrontar, discutir e criticar”.

O livro escrito pelo ditador na prisão, não está proíbido, mas os direitos são privados e só caiem no domínio público em 2015.

Para esta historiadora a decisão é lamentável:

“Tenho que condenar isto, porque é só para ganhar dinheiro, querem ganhar dinheiro com o pretexto de quebrar um tabu. Para mim, é simples falta de gosto”.

A associação americana dos sobreviventes do holocausto diz-se “horrorizada” pelos objetivos mercantilistas do editor, enquanto o Conselho Central dos Judeus da Alemanha não contesta a publicação, mas recomenda que seja acompanhada de explicações históricas.