Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

A segunda maior cidade da Nigéria, Kano, foi palco esta sexta-feira de uma série de atentados e tiroteios que visaram as autoridades locais e resultaram em pelo menos oito mortes.

Os ataques não foram reivindicados, mas acontecem num contexto da vaga de violência que sacudiu o país em Dezembro, atribuída ao grupo Boko Haram, que pretende a criação de um Estado regido pela lei islâmica no norte da Nigéria.

Os ataques de ontem semearam o caos em Kano. Três polícias perderam a vida num atentado suicida contra a sede regional das forças de segurança e os serviços locais de imigração anunciaram a morte de três funcionários. Um jornalista nigeriano foi alvejado, segundo testemunhas, e a sua morte foi confirmada pela televisão privada onde trabalhava.

A polícia confirmou que se tratou de um “ataque coordenado” contra oito locais em Kano.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre