Última hora

Em leitura:

Croácia: Manifestações anti-UE na véspera de referendo


Croácia

Croácia: Manifestações anti-UE na véspera de referendo

Os manifestantes anti-União Europeia aproveitaram o dia de ontem para organizarem várias ações de protesto, um pouco por toda a Croácia.

O objetivo era convencerem os indecisos a votarem contra a adesão do país à União Europeia, no refendo deste domingo.

Na capital, Zagreb, polícias e manifestantes entraram em confronto depois de um dos organizadores ter tentado arriar a bandeira da União Europeia. Cinco pessoas acabaram detidas.

Caso o referendo de hoje seja aprovado, a Croácia torna-se, a 1 de julho de 2013, no vigésimo oitavo membro da União Europeia.

As últimas sondagens de opinião revelam que 57 por cento dos croatas estão favoráveis à adesão à União, 33 por cento estão contra e 11 por cento estão indecisos.

A ministra dos Negócios Estrangeiros e dos Assuntos Europeus, Vesna Pusic, líder do Partido Popular Croata, que integra a coligação no poder, saiu também este sábado às ruas a distribuir panfletos pró-UE. Para Pusic a “estabilidade” é o principal argumento para a adesão da Croácia à União.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Líbia: Sede do CNT invadida e saqueada