Última hora

Última hora

Evitar a catástrofe ecológica

Em leitura:

Evitar a catástrofe ecológica

Tamanho do texto Aa Aa

É agora a maior preocupação das autoridades – evitar uma catástrofe ecológica, provocada pelo derrame do combustível existente a bordo do Costa Concordia.
 
Já foi montado um dispositivo de segurança, para isolar o navio, e os trabalhos de preparação prosseguiram, este domingo.
 
A transfuga será feita para navios-tanque que se vão aproximar do Costa Concordia. Está por isso abandonada a ideia inicial que bombar o carburante, diretamente para terra.
 
Os mergulhadores estão a estudar todas as condições de armazenamento dos combustíveis e as contas estão feitas.
 
Haverá neste momento a bordo 2.400 toneladas de fuel oil, mais 200 toneladas diesel e ainda uma quantidade não discriminada de lubrificantes.
 
Não há ainda uma data marcada para o início da operação de bombagem.
 
A Ilha de Giglio está integrada numa zona classificada de reserva natural.