Última hora

Última hora

Síria: Regime de al-Assad rejeita proposta da Liga Árabe

Em leitura:

Síria: Regime de al-Assad rejeita proposta da Liga Árabe

Tamanho do texto Aa Aa

O regime de Damasco rejeitou o novo plano da Liga Árabe. A organização com sede no Cairo esteve reunida este domingo e no final do encontro pediu a Bashar al-Assad para entregar o poder ao vice-presidente e formar um governo de unidade nacional. O objetivo seria o de promover uma transição pacífica do poder.

Mas as esperanças já eram poucas. Horas antes a Arábia Saudita tinha anunciado a retirada dos seus observadores do país. Segundo o príncipe Saud al-Faisal, ministro saudita dos Negócios Estrangeiros, o regime de Damasco “não respeitou a proposta árabe que poderia pôr um termo ao massacre do povo sírio.”

A Liga Árabe ameaçou levar o caso ao conselho de segurança da ONU se o governo de Bashar al-Assad rejeitasse a iniciativa gizada no domingo. Agora, os países árabes terão de ultrapassar a resistência da China e da Rússia.

No terreno, a violência continua. O exército afirma que os rebeldes atacaram um autocarro em Homs e mataram onze pessoas, militares e civis, e a oposição deu conta de combates em Douma, nos arredores de Damasco.