Última hora

Última hora

"Invenção de Hugo" e "O Artista" à frente na corrida aos Óscares

Em leitura:

"Invenção de Hugo" e "O Artista" à frente na corrida aos Óscares

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a contagem decrescente para os tão ambicionados Óscares. Esta terça-feira foram anunciadas as nomeações

E na linha da frente para conquistar as estatuetas douradas estão “A Invenção de Hugo” um filme de Martin Scorsese, com 11 nomeações, e “O Artista”, uma longa-metragem muda a preto e branco, com dez.

Em 3D, “A Invenção de Hugo conta a história de um órfão que vive em segredo numa estação de comboios de Paris. É uma homenagem aos primórdios do cinema, em particular a George Meliès.

Uma das grandes sensações do ano é “O Artista” de Michel Hazanavicius. O francês Jean Dusjardin, que já venceu um globo de ouro, luta com George Clooney e Brad Pitt pelo título de melhor ator

Mudo e a preto e branco, “O Artista” regressa igualmente aos primórdios da sétima arte. A personagem principal, Dusjardin, é uma estrela de cinema que se depara com a aparição dos filmes sonoros.

Na categoria de melhor filme em língua não inglesa e já com um globo de ouro no bolso, o realizador iraniano Ashgar Farhadi joga a sua cartada com a película “A separação”. Um filme sobre um casal iraniano que enfrenta uma grande decisão.

Outros filmes que também se destacam são “Cavalo de Guerra”, de Steven Spielberg e “O homem que mudou o jogo”, com Brad Pit, ambos têm seis nomeações. “A Dama de Ferro” levou Meryl Streep a ser nomeada para melhor atriz pela 17a vez na sua carreira. Um filme com apenas duas nomeações.