Última hora

Última hora

Apple: a marca dos resultados recorde

Em leitura:

Apple: a marca dos resultados recorde

Tamanho do texto Aa Aa

Recorde de lucros, vendas e receitas. A Apple surpreendeu tudo e todos com os resultados do último trimestre de 2011 (primeiro trimestre do ano contabilístico).

Entre Outubro e Dezembro, o gigante californiano teve lucros superiores a 13 mil milhões de dólares. As receitas subiram 73 por cento, acima de 46,6 mil milhões de dólares.

Neste primeiro trimestre sem Steve Jobs, falecido em Outubro, a Apple vendeu 37 milhões de iPhones e mais de 15 milhões de iPad’s, ou seja, o dobro face ao mesmo período de 2010. A isto juntam-se cinco milhões de computadores.

As ações estão em forte alta. Atingem valores históricos que tornam a Apple a maior companhia mundial em termos de valor bolsista.

O analista Fidel Helmer explica o entusiasmo: “A Apple detém todos estas inovações como o iPhone ou o iPad que tanto atraem as pessoas. É por isso que o preço das ações explodiu esta terça-feira no encerramento da bolsa. Isso ajuda o nosso mercado e o preço dos títulos dos setores tecnológicos na Europa”.

A Apple prevê também fortes vendas e receitas para o trimestre em curso. Os analistas garantem que a marca da “Maçã” está longe da saturação em mercados como o chinês, onde o novo iPhone foi posto à venda só este mês.