Última hora

Última hora

Merkel diz que Alemanha não assume compromissos que não pode cumprir

Em leitura:

Merkel diz que Alemanha não assume compromissos que não pode cumprir

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro anual do Fórum Económico Mundial arrancou esta quarta-feira em Davos. Convidada de honra, a chanceler alemã pronunciou um muito esperado discurso sobre as respostas a dar à crise perante as centenas de chefes de empresas e responsáveis políticos reunidos na cidade suíça.

A dirigente da primeira economia do Velho Continente apelou à solidariedade europeia, mas sublinhou que a Alemanha não assumirá compromissos que não pode cumprir.

Merkel interpelou os presentes perguntando: “Queremos coerência sem ambição? Nesse caso, encontramo-nos no meio-termo. Ou queremos ver quem é o melhor em cada domínio e tentar seguir o seu exemplo na Europa. Só assim é que podemos ter a hipótese de participar nos mercados mundiais.”

No exterior, enfrentando a neve e as baixas temperaturas, os ativistas “anticapitalismo” também fazem questão de passar a sua mensagem na quadragésima segunda edição do Fórum Económico Mundial.

Depois de uma noite acampados em “iglus”, escavados em redor do perímetro de segurança, decidiram “dar asas” ao protesto.

Num cartaz preso a vários balões, criticaram o excesso de representatividade dos “1 por cento de super-ricos” em Davos.