Última hora

Última hora

Doutror implantes PIP preso

Em leitura:

Doutror implantes PIP preso

Tamanho do texto Aa Aa

O fundador da sociedade francesa de implantes mamários Poly Implant Prothese foi detido pela polícia francesa e encontra-se agora sob custódia.

A empresa PIP, em falência desde março de 2010, está envolvida num escândalo internacional por ter utilizado um gel industrial que substituía fraudulentamente o gel médico.

Suspeita-se que esta substância possa estar na origem de uma taxa anormal de ruturas dos implantes e potencialmente de cancro.

Em França, 20 casos de cancros, incluindo 16 cancros da mama, foram assinalados em mulheres com implantes mamários mas sem que fosse no entanto estabelecida uma relação de causa-efeito.

O Governo recomendou a 30.000 mulheres francesas que retirassem os implantes.

Outros países, como Alemanha e Holanda, também recomendaram a remoção. Em Portugal, as orientações vão no sentido de reforçar a vigilância das mulheres que têm estes implantes.