Última hora

Última hora

Ex-presidente da região de Valência absolvido no caso Gürtel

Em leitura:

Ex-presidente da região de Valência absolvido no caso Gürtel

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-presidente do governo regional de Valência, em Espanha, foi absolvido das acusações de corrupção no emblemático caso Gürtel.

Francisco Camps foi declarado não culpado, juntamente com o antigo secretário-geral do Partido Popular valenciano, Ricardo Costa, por falta de provas.

Ambos eram acusados de corrupção passiva por alegadamente terem recebido “presentes” no valor de vários milhares de euros em troca da atribuição de contratos públicos a uma empresa.

O caso Gürtel revelou, em 2009, uma vasta rede de corrupção dirigida por um chefe de empresas de comunicação próximo do Partido Popular, atualmente no poder.

Apesar das acusações, Camps tinha sido reeleito em Maio do ano passado, tornando-se um dos alvos favoritos do movimento dos “Indignados”, que denunciava nomeadamente a “corrupção” no meio político.

O ex-presidente da região valenciana é um próximo do primeiro-ministro, Mariano Rajoy, que o apoiou pessoalmente nas eleições de 2009 e 2011.