Última hora

Última hora

Motim militar na Papua-Nova Guiné

Em leitura:

Motim militar na Papua-Nova Guiné

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de militares na Papua-Nova Guiné tomou controlo das forças armadas e terá detido o ministro da Defesa. O motim, que deverá envolver 12-20 homens, aconteceu pela manhã e estará ligado a um conflito entre dois políticos pelo cargo de primeiro-ministro.

O líder dos revoltosos é um antigo adido militar na Indonésia que declarou querer restaurar a ordem constitucional. “Sir Michael Somare e Peter O’Neil têm sete dias para resolvero impasse senão serei obrigado a agir para defender a integridade da constituição”, rerefiu o coronel na reserva, Yaura Sasa.

O incidente surge depois de Michael Somare ter desafiado a legitimidade do primeiro-ministro Peter O’Neal .

Somare foi substituído por O’Neal em Agosto após se ter ausentado para receber tratamento médico em Singapura.

Há também rumores de que as alegadas más condições dos militares foi um motivo para o motim.