Última hora

Última hora

MSF suspende operações em localidade líbia

Em leitura:

MSF suspende operações em localidade líbia

Tamanho do texto Aa Aa

A organização humanitária “Médicos Sem Fronteiras” anunciou a suspensão das atividades na localidade de Misrata, na Líbia.

A organização denunciou situações de prática de tortura.

As vítimas, de acordo com a MSF, seriam indivíduos originários da África sub-saariana que teriam lutado ao lado das forças de Kadafi durante o conflito.

De acordo com o diretor geral da MSF, Christopher Stokes, indivíduos estariam a receber tratamento médico entre várias sessões de tortura.

Falando na sede da ONU em Nova Iorque, a alta comissária para direitos humanos, Navi Pillay, afirmou que as brigadas revolucionárias continuam a sujeitar os detidos a tortura apesar dos esforços em contrário do Conselho Nacional de Transição.

Organizações de defesa dos direitos humanos já anteriormente haviam denunciado a prática generalizada de tortura por brigadas compostas por antigos guerrilheiros rebeldes.