Última hora

Última hora

Austrália: Aborígenes devolvem sapato

Em leitura:

Austrália: Aborígenes devolvem sapato

Tamanho do texto Aa Aa

Em Sidney, um grupo de aborígenes reunido em frente do Parlamento, devolveu à primeira-ministra australiana Julia Gillard o sapato que ela perdeu na véspera durante um incidente em que teve de ser protegida pelos guarda-costas.

“Com a autoridade do soberano povo aborígene, apresento-me perante si como embaixadora de boa vontade. Pretendo devolver o sapato perdido ontem durante o violento incidente provocado pelos seus seguranças”, anunciou Gwenda Stanley.

O incidente ocorreu em Camberra durante uma cerimónia de atribuição de prémios integrada nas comemorações do Dia da Austrália, a que os nativos chamam Dia da Invasão.

“Não tenho absolutamente nenhum problema com manifestações pacíficas e de uma forma geral têm sido pacíficas.

O que condeno inteiramente é que os protestos se tornem violentos, como vimos ontem. Particularmente quando interromperam um evento que homenageava australianos extraordinários, deixaram-me muito irritada”, sublinhou Julia Gillard.

Perante a possibilidade de se registar um ato violento, os seguranças retiraram apressadamente a primeira-ministra do local para o automóvel.

Durante o percurso, Julia Gillard perdeu o sapato.