Última hora

Última hora

Ben Bernanke tem o dedo no gatilho

Em leitura:

Ben Bernanke tem o dedo no gatilho

Tamanho do texto Aa Aa

Tal como Angela Merkel disse em Davos, a eurozona não é a única a ter problemas. Há outras regiões que também os têm. É o caso dos Estados Unidos. Neste momento, os americanos estão ocupados a seguir o trilho da campanha eleitoral. É bastante interessante, mas o mais importante foi a declaração da Reserva Federal.

Com as taxas de juro próximas de zero, o presidente Ben Bernanke e a sua equipa tinham pouca margem de manobra, mas conseguiram surpreender os mercados.

O jornalista Stefan Grobe abordou a questão com Trevor Williams, economista chefe do Lloyds TSB Corporate Markets, em Londres. Nesta edição abordamos também as previsões económicas negativas do Fundo Monetário Internacional.