Última hora

Última hora

Costa Concordia: "11 mil euros de indemnização não é nada"

Em leitura:

Costa Concordia: "11 mil euros de indemnização não é nada"

Tamanho do texto Aa Aa

A companhia de cruzeiros Costa vai pagar 11 mil euros de indemnização a cada passageiro afetado pelo naufrágio do paquete Concordia.

A empresa chegou a um acordo com a maioria dos representantes dos três mil passageiros, exigindo em troca o abandono de eventuais processos em tribunal.

Uma das representantes do comité de passageiros afirma-se contente com este acordo, “pois foi uma decisão rápida e a empresa compromete-se a pagar a indemnização, sete dias depois da assinatura do acordo”.

Contra o acordo está pelo menos uma das associações de consumidores que já interpôs um processo contra a holding norte-americana proprietária da companhia de cruzeiros.

“Onze mil euros pelo risco de morrer afogado, com uma criança nos braços ou o pai numa cadeira de rodas, não é nada. Vamos ver o que é a justiça americana vai dizer quando examinar a nossa queixa coletiva onde pedimos 125 mil euros por passageiro”.

O acordo não contempla os familiares das 16 vítimas mortais e centenas de feridos, num momento em que 16 passageiros permanecem desaparecidos.

Ao largo da ilha de Giglio, as autoridades marítimas tentam agora evitar uma catástrofe ambiental.

As operações para extrair 2300 toneladas de combustível dos tanques da embarcação, deverão iniciar-se este fim de semana.

A bordo encontram-se ainda várias toneladas de produtos químicos, entre desinfetantes, inseticidas e detergentes.